O governo sírio condenou neste domingo os bombardeios turcos contra posições dos curdos sírios na província de Aleppo, norte da Síria, e pediu que a ONU tome as medidas necessárias para parar com esses ataques.

"O ministério das Relações Exteriores condena os crimes e os repetidos ataques por parte da Turquia contra o povo sírio e a integridade territorial da Síria", informou a agência de notícias oficial Sana. O ministério pediu à ONU para "colocar um fim aos crimes do regime turco", acrescentou o comunicado.