O secretário-geral da Organização das Nações Unidas, Ban Ki-moon, insistiu para que a Coreia do Norte não use a tecnologia de mísseis balísticos, que é proibida pelo Conselho de Segurança, disse nesta quarta-feira um porta-voz da ONU.

"O secretário-geral acredita que é importante para a Coreia do Norte se abster de usar a tecnologia de mísseis balísticos”, afirmou à imprensa o porta-voz Farhan Haq.

Pyongyang notificou as agências das Nações Unidas na terça-feira do seu plano para lançar o que chamou de um “satélite de observação” em algum momento entre 8 e 25 de fevereiro, uma medida que poderia representar um avanço para a tecnologia de mísseis de longo alcance do país, depois do seu quarto teste nuclear no mês passado.